terça-feira, novembro 23, 2004

Ju On: The Grudge (2003)

Estou virando fã dos filmes de terror japoneses. Por uma razão bem simples, eles são simplesmente apavorantes. Nenhum filme americano atinge tão visceralmente os medos mais íntimos do ser humano.

Não que "Ju On: The Grudge" seja um daqueles filmes violentos, muito pelo contrário, é pela sutileza e habilidade em criar situações tensas sem apelar para a violência gratuita é que o cinema japonês tem produzido filmes de terror que servem como referência mundial do gênero. Não é à toa que Hollywood volta, sempre que pode, os olhos para aquela ilha longínqua do Pacífico. Ringu foi o primeiro a ser incorporado no cinema americano com o título de "O Chamado", agora é a vez de "Dark Water" dirigido por Walter Salles e também "The Grudge" que deve estar para estrear nos EUA.

Ju On e The Grudge são sinônimos da palavra portuguesa "Rancor" e eis todo o vínculo deste filme. Segundo o enredo, pessoas que morrem de forma violenta e alimentando rancor não conseguem descansar. Além disto, qualquer um que entre no ambiente por elas habitado também é amaldiçoado com a morte. Tudo gira em torno de uma casa na qual habita uma velha e abandonada senhora. Narrado de maneira não-linear, com retrocessos súbitos ao passado e avanços para o futuro, "Ju On: The Grudge" é composto por uma série de capítulos, os quais apresentam a morte dos indivíduos que invadem o território daquela família que morreu violentamente na casa.

Além de uma fotografia excelente, a trilha sonora e os efeitos sonoros representam uns 80% de todo o clima de tensão no filme. Simplesmente apavorante e envolvente. Muitos elementos presentes em "Ringu" também são explorados neste filme dirigido por Takashi Shimizu, como vídeos insólitos, telefonemas misteriosos e personagens dotados de percepção extra-sensorial.

É um filme essencial para aqueles que gostam do gênero e lhes garanto que há várias cenas de arrepiar!

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu queria ver Ju On, mas eu não acho nas locadoras!! E Visões, Henry? Eu queria saber o que vc achou desse filme!

Marco

Henry Alfred disse...

Eu assisti "Visões" (The Eye), mas não sei se é o mesmo que estreou nos cinemas recentemente.

O que eu assisti, não gostei. Muito novelístico e com uma história que não possui nada de assustador.
Na locadora que freqüento, "Ju On" só foi adquirido após a estréia de "O Grito".