segunda-feira, outubro 11, 2004

O Poderoso Chefão (1972)




É quase com vergonha que eu confesso que jamais havia assistido a "O Poderoso Chefão" antes, um dos maiores filmes da história do cinema norte-americano.

O filme narra a saga da família de mafiosos Corleone, encabeçada por Don Vito Corleone, a interpretação mais legendária de Marlon Brando. Num Estados Unidos ainda atordoado pelo o fim da Segunda Grande Guerra, os líderes do crime organizado de Nova Iorque estão expandindo suas áreas de influência. Uma guerra entre as maiores famílias de mafiosos é declarada, quando Don Corleone se recusa a ingressar nos negócios vinculados ao narcotráfico. Tentam assassiná-lo, o que motiva Michael (Al Pacino), o filho caçula de Vito e resistente às maneiras como seu pai acumulou a fortuna da família, a assumir o controle das operações e vingar o atentado contra Vito.

Uma narrativa repleta de reviravoltas e extremamente complexa em suas ramificações, bem aos moldes do romance de Mario Puzzo.

Sem sombra de dúvidas, um dos melhores filmes já realizado em solo americano e digno da fama que conquistou.

2 comentários:

crítico de música disse...

Um filme que marcou época. Al Pacino jovem e já um experiente ator. Vale conferir outro filme na mesma temática: Scarface, com Pacino no papel principal.

Mau disse...

Assista "Era uma Vez na America" de Sergio Leone. Se você gosta da tematica "mafia", esse filme é muito bom. Pouca gente ouviu falar nele porque ele foi um fracasso de bilheteria nos EUA. É porque em 1984, quando ele foi lançado foi lançada uma ediçao cortada e remontada em que o filme perde 1 hora e 50 e fica desestruturada.
A versão do diretor, porem, é um dos melhores filmes que ja vi.