quinta-feira, outubro 07, 2004

Irreversível (2002)




"Irreversível" é narrado retrogressivamente, assim como o filme "Amnésia". O foco da história é o estupro de Alex (Monica Belucci) e as conseqüências dos atos de Marcus (Vicent Cassel), seu namorado, e de Pierre ((Albert Dupontel), quando eles decidem se vingar do estuprador.

É bastante interessante a maneira como as tomadas de câmera foram filmadas numa tentativa de representar a confusão das personagens, tanto que, no início, as cenas chegam a ser nauseantes. À medida que o enredo retrocede, os humores se acalmam e o clima de tensão se ameniza. No entanto, a vingança de Marcus e de Pierre somente demonstra quanto uma situação dramática não pode ser revertida e que a inocência anterior não pode ser recuperada.
Este filme tem algumas das cenas mais fortes que já vi no cinema e, supreendentemente, diferente dos demais espectadores, a sequência que mais me chocou foi o descontrole de Pierre ao esmagar a cabeça do Tênia, o estuprador, logo nos primeiros minutos, ao invés da cena de estupro propriamente dita.

"Irreversível" é forte, agressivo e, certamente, não é para todo tipo de público, mas é muito bem composto e profundo.

Um comentário:

ana carol disse...

Concordo com essa resenha, e acho importante frisar a primeira cena do filme, que remete a um filme anterior de Gaspar Noé, pois fica super no ar. Além disso um detalhe, essa sena que mais gostou, achei que a grande sacada foi que eles se vingam do cara errado... o tênia está assistindo tudo ao lado, e adorando. Da uma olhada e repara...